fbpx

Cirurgia Ginecológica.

Procedimento // Cirurgia Ginecológica

A cirurgia ginecológica é um tratamento médico invasivo para doenças e alterações dos órgãos do sistema reprodutor feminino, com útero, ovários, trompas, vagina e outros.

As cirurgias ginecológicas podem ser cirurgias convencionais, laparoscópicas e atualmente, a técnica mais recente é a robótica.

As cirurgias ginecológicas usam a tecnologia a favor do paciente. As técnicas laparoscópicas e robótica ajudam a diminuir o tempo de recuperação do paciente, as dores e as chances de haver sangramentos e infecções. Além disso, as cirurgias feitas por esses equipamentos costumam ser menos invasivas.

Aqui estão algumas das principais cirurgias ginecológicas:

– Histerectomia: Pode ser total quando o útero (corpo e colo) é retirado totalmente ou parcial quando é retirado o corpo uterino e mantem-se o colo.

– Histerectomia radical: Consiste na retirada total do colo e corpo do útero e ovários, juntamente com a parte superior da vagina, dos paramétrios (ligamentos ao lado do útero) e dos gânglios da pelve(linfonodos), sendo indicada em casos de Câncer do Colo do útero.

– Traquelectomia ou Conização: Consiste na retirada de parte do colo do útero, é indicada para tratar lesões do colo do útero.

– Ooforectomia: Consiste na retirada dos ovários.

– Salpingectomia: Consiste na retirada das trompas.

– Anexectomia: é um procedimento para a retirada dos ovários e trompas.

– Perineoplastia: é uma cirurgia ginecológica para ajustar a frouxidão vaginal e dos músculos pélvicos.

É sempre importante ressaltar o acompanhamento por um ginecologista especializado para indicação precisa e tratamento cirúrgico adequado para cada caso.

Cirurgia ginecológica laparoscopia e histerectomia

 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre cirurgia ginecológica, conheça a Dra. Aline Borges, e se precisar, agende uma consulta.

Newsletter.