fbpx

Bioimpedância.

Procedimento // Bioimpedância

A análise de composição corporal ou bioimpedância é um exame que indica a quantidade aproximada de músculo, osso e gordura.  

O funcionamento do aparelho de bioimpedância depende de uma corrente elétrica que passa através do corpo devido a presença de placas de metais localizadas nos pés e nas mãos. Essa corrente passa pelos tecidos sendo mais fácil e rápido em tecidos muito hidratados, como os músculos. Os tecidos que possuem pouca água como a gordura e os ossos, aumentam a dificuldade da passagem da corrente, sendo mais lenta a condução elétrica. Sendo assim a diferença entre a resistência da gordura e a facilidade com que ela passa em tecidos como os músculos, permite que o aparelho de bioimpedância identifique a quantidade de massa magra, gordura e água.

As orientações para um exame preciso são:

  • Evitar comer, beber café ou fazer exercício físico nas 4 horas anteriores;
  • Beber 2 a 4 copos de água 2 horas antes do exame.
  • Não ingerir bebidas alcoólicas nas 24 horas anteriores;
  • Não passar creme nos pés ou nas mãos;
  • Usar roupas leves;
  • Se possível, realizar no período da manhã para evitar a retenção de líquido que pode ocorrer durante o dia.

A bioimpedância nos traz diversos resultados da composição corporal, dentre eles podemos destacar:

  1. Massa magra: indica a quantidade de músculo e água no organismo.
  2. Massa gorda: indica a quantidade de gordura corporal.
  3. Massa muscular: mostra o peso dos músculos dentro da massa magra, sem contar com a água e outros tecidos corporais, como osso ou gordura. Mas vale lembrar que estão incluídos os músculos lisos de alguns órgãos, como o estômago, intestino e músculo cardíaco.
  4. Hidratação: este item é muito importante para entender sobre a hidratação dos órgãos e músculo, podendo evitar câimbras, rupturas e lesões, garantindo uma melhora progressiva na performance e nos resultados do treino. A quantidade de água para mulheres pode variar de 45% a 60% e nos homens de 50% a 65%.
  5. Densidade óssea: a densidade óssea deve ser constante ao longo dos anos nos indivíduos adultos, garantindo assim que os ossos estarão sempre saudáveis, evitando problemas como osteopenia e osteoporose.
  6. Gordura visceral: A gordura visceral é a quantidade de gordura que está armazenada na região abdominal. Ela é muito importante para proteger os órgãos mas pode ser prejudicial em excesso.
  7. Taxa de metabolismo basal: é a quantidade de calorias necessárias para o funcionamento do organismo.

  Bioimpedância Agora que você já sabe um pouco sobre a minha especialidade em Nutrologia, agende uma consulta.

Newsletter.