fbpx

Anticoncepcionais.

Procedimento // Anticoncepcionais

Anticoncepcionais hormonais são medicações produzidas pela indústria farmacêutica, sendo a sua formulação feita com hormônios sintéticos.

Atualmente, sabe-se que a pílula anticoncepcional é o principal método contraceptivo utilizado pela maior parte das mulheres ao redor do mundo.

Quase são os principais métodos Anticoncepcionais Hormonais:

  • Pílula contraceptiva oral combinada (índice de falha 0,1%): é um método contraceptivo composto por diferentes tipos de hormônios, que servem para inibir a ovulação e evitar a gravidez.
  • Contraceptivo hormonal injetável (índice de falha 0,1%): esse método contraceptivo é feito com uma injeção de hormônios, administrada uma vez por mês ou a cada três meses, dependendo do tipo de contraceptivo injetável.
  • DIU hormonal (índice de falha 0,1%): é um método anticoncepcional constituído por um aparelho pequeno e flexível que é inserido dentro do útero. Existem dois tipos de DIU hormonais, ambos com levonorgestrel mas com dosagens diferentes.
  • Implante contraceptivo (índice de falha 0,1%): é um pequeno bastão implantado pelo médico sob a pele, na parte inferior do braço. Este dispositivo libera progesterona, sendo eficaz por até três anos, mas pode ser removido antes.
  • Anel vaginal (índice de falha 0,1%): o anel vaginal contém hormônios como estrogênio e progesterona, absorvidos para a circulação e levam à inibição da ovulação.
  • Adesivos cutâneos com hormônios (índice de falha 0,1%): são pequenos selos que contêm estrogênio e progesterona. Esses dois hormônios são absorvidos pela pele e vão diretamente para a circulação sistêmica.
  • Pílula do dia seguinte (índice de falha 5% a 20%): as pílulas contendo levonorgestrel podem ser usadas até 3 dias após o contato íntimo e as pílulas contendo acetato de ulipristal podem ser usadas até 5 dias após as relações sexuais desprotegidas. Sua eficácia diminui à medida que os dias passam e por isso devem ser tomadas com a maior brevidade possível.

Importante ressaltar que o ginecologista sempre deve ajudar a decidir qual é a opção anticoncepcional mais adequada para a fase da sua vida.

 

Anticoncepcionais

 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre Anticoncepcionais, conheça a Dra. Aline Borges e agende uma consulta.

Newsletter.